loader

Inovação no Varejo Digital é tema do Sarau de Negócios/Atlas, que recebe Gabriel Ramalho como debatedor 16 de junho de 2015

Gabriel Ramalho, diretor de marketing e comunicação digital da Leme Digital, estará presente na 5ª edição do Sarau de Negócios/Atlas, com o tema Varejo na Era Digital. O evento acontecerá no dia 20 de junho, de 9h às 11h, no auditório da Faculdade CDL, em Fortaleza.

A proposta é discutir as possibilidades de inovação no varejo online, abordando conceitos da gestão de varejo de uma forma interativa e descontraída.

O professor e coordenador do MBA em Marketing da PUC/SP, Luiz Cláudio Zenone, será o facilitador do debate que contará também com a presença de Rafael Forti, Diretor de Marketing da Pena Surfwear e Antonio José de Freitas Mello Jr., Gerente de Marketing da Normatel.

Sobre inovação e sua aplicação no varejo digital, fizemos algumas perguntas a Gabriel Ramalho em breve entrevista:

Como se explica a necessidade da inovação para as empresas no cenário atual do varejo?

Antes de qualquer coisa, é fundamental entender o que é, de fato, a inovação. Muitos tendem a associá-la imediatamente à implementação de tecnologia mas, na verdade, a tecnologia é apenas mais uma ferramenta que pode ser utilizada para a promoção da inovação, que pode ser uma inovação nos processos de gestão, inovação no atendimento, inovação nos canais de venda… É importante sempre ter em mente que a inovação é uma busca por alternativas criativas para promover melhorias de processos no varejo e, nesse sentido, abarca desde mudanças estruturais até mudanças na forma como são ofertados os produtos ou como se atende o cliente. E isso pode envolver, ou não, alguma implementação tecnológica. Em um cenário em que muitas marcas disputam os mesmos clientes, em múltiplos canais, inovar pode funcionar, muitas vezes, como elemento de diferenciação perante a concorrência, melhorando cada ponto dessa relação com o cliente, tornando-se mais presente e consolidando-se como óbvio local de ocorrência da decisão de consumo.

Como as empresas podem inovar no varejo online?

As possibilidades de inovação para o varejo online devem se apresentar como respostas às novas questões relacionadas às mudanças nos hábitos de consumo. Hoje o consumidor busca o conforto, a excelência no serviço e utiliza inúmeros canais durante seu processo de decisão de consumo, seja para informação ou seja para a aquisição. Não só a loja online é elemento de promoção de vendas dentro de uma perspectiva multicanal mas, até mesmo, um Instagram integrado a um Whatsapp, por exemplo, pode ser um canal adicional de baixo custo para alguns lojistas. Não é raro que lojas físicas virem showrooms, na ótica do consumidor, com clientes visitando-as para experimentarem produtos e depois comprarem pela Internet, às vezes até na concorrência. A preocupação com a inovação segue no sentido de conseguir oferecer mais valor, capturando esse cliente e mantendo a compra dentro de casa, em seus canais oficiais. A inovação, nesse sentido, deve permear os processos de captura desse cliente, oferta de valor, prestação de serviço e consolidação de relacionamento, buscando a lealdade de seus clientes, ao mesmo tempo em que resolve problemas de gestão de estoques e de logística, que merecem mais atenção a partir do uso de múltiplos canais para a ocorrência das interações de consumo.

Quais são os riscos que uma inovação sem planejamento pode trazer para empresas que querem atuar no varejo digital?

Focar a inovação apenas na implementação de ferramentas, sem considerar as etapas de identificação dos problemas que ela visa solucionar é, para mim, o principal fator de risco da falta de planejamento. Às vezes o lojista tem a urgência de abrir uma loja virtual, por exemplo, se focando apenas na solução tecnológica, sem antes se preparar para o aumento da demanda e a necessidade de preparar logística de entrega e estrutura de atendimento e pós-venda aos clientes que chegam por esse canal. Muitos lojistas desconsideram o fato de que, mais importante que ter um canal adicional para expôr seus produtos, é fundamental que se busque a lealdade do cliente conquistado por essas plataformas, que está a um clique de distância de qualquer outra loja do mundo. Por esse motivo, uma assessoria profissional é necessária até mesmo porque um diagnóstico bem fundamentado é capaz de identificar se uma solução tecnológica é realmente a mais adequada ou se existem outros pontos do processo que merecem atenção mais imediata.

Qual é a importância de realizar eventos sobre o varejo online para o mercado local?

Ainda falta em grande parte ao mercado local a noção sobre as possibilidades do digital, não só como um canal de vendas adicional mas como um complemento às estratégias de venda na loja física. Nesse sentido, é sempre muito relevante apresentar aos varejistas as possibilidades que existem no digital em todas as etapas do processo de decisão de consumo, buscando otimizar tanto os processos envolvidos na venda (oferta, promoção, pagamentos, entrega…) como o relacionamento com seus clientes.

Serviço:
V Sarau de Negócios/ Atlas
Varejo na Era Digital: Inovar ou não – eis a questão
Data: 20/06/2015
Horário: 9h às 11h
Local: Auditório da Faculdade CDL. (Rua 25 de março, 882, Fortaleza-CE)
Informações: (85) 3252-4311

 

Jordânia Caetano

Jornalista com MBA em Marketing. Diretora de Comunicação na Leme Digital e Consultora/Instrutora de Marketing e Vendas no Sebrae/NA.

0
NOSSOS SERVIÇOS

Marketing de Conteúdo
Marketing de Relacionamento
Marketing Digital

Esta empresa faz parte da

FACEBOOK

CERTIFICAÇÕES